segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Resenha A Janela de Overton por Glenn Beck

Oie gente! Como vão?! Desculpem pelo sumiço aqui no blog!! Estou com alguns problemas pessoais então tudo está uma confussão aqui em casa... Enfim... Voltei com essa resenha, que estou devendo a um boooooom tempo.... rs Continuando...

Obrigado Novo Conceito!
Um plano para destruir os EUA vem sendo preparado há cem anos, e agora está prestes a ser colocado em prática… Alguém será capaz de impedi-lo? E se você descobrisse que tudo em que você acreditou até hoje não passa de uma grande farsa? Que a roupa que você veste todos os dias pela manhã, assim como o carro que você dirige não são escolhas suas? Que o governante que você elegeu na última eleição para comandar sua cidade e seu país também não depende de você? E se chegasse à conclusão de que toda autonomia e livre-arbítrio que você julga ter, na verdade, atendem a um outro comando que não as suas ideias e a sua própria vontade?



Beeem começando... Noah Gardner, filho de um importante homem (muito importante), mimado, e que preenche todos os requisitos básicos para conquistar uma mulher, trabalha em uma das maiores empresas de relações públicas, de qual seu pai é dono, e só se preocupa com o tanto de dinheiro que ele tem para gastar! (uhuuul) Rico, famoso, e inteligente. O que mais alguém pode querer?! (rs).  Esse típico esteriótipo de uma pessoa com grana se desfaz assim que ele ''esbarra'' em Molly Ross, a estagiaria. (ficou tipo: fulano, the killer..Aquele suspense..  kkkkk sou muito boba) Uma menina que não se encaixa nem um pouco com o perfil da empresa, obviamente lhe chama atenção. E tudo começa quando Noah aceita ir a uma reunião com a tal Molly.

E quanto mais tempo Noah passa com a Molly, mais descobre sobre o mundo no qual ela vive... Molly faz parte de um grupo totalmente louco, na minha opinião.. (risos)Um grupo que "inventa" conspirações. E conforme  o tempo passa Noah começa a acreditar, que mal sabia das coisas. Nada daquilo que para ele era verdade realmente é. Mas tudo é tãaaaaaaaaaaao estranho que é melhor fingir que não escutou. 
E se você soubesse que tudo que você aprendeu desde pequeno é uma grande farsa?! E Realmente está acontecendo uma conspiração para mudar TUDO?! Só lendo para saber.

O que eu achei do livro: 

Beeeeeeeeeeeeem..... Enfim. O livro é BOM. Mas se você não gosta de pensar enquanto tá lendo, então desista... Porque esse livro necessita que você use 100% das engrenagens das nossa caixolas. Eu por não conhecer alguns (muitos) dos acontecimentos mencionados no livro, demorei para associar tudo, porque a cada passagem histórica no livro eu tinha que entrar no Google. E não é porque sou burra não. É porque tenho 14 anos, e metade desses fatos ainda não aprendi na escola.. (Sou novinha). Voltando ao assunto. O livroooo é beem escrito, e juro para vocês, quando comecei a ler, achei que o escritor ia morrer quando estivesse dormindo, porque ele fala de uma maneira tão real que parece que ele fala dos atuais políticos.. hehe No decorrer da história, tudo fica intrigante, de uma maneira que quando você lê, você fala: "UAU, como um cara pensou nisso?!" é fantástico. Não gosto muito de descrever os personagens, a não ser o pai de Noah... Eu ri dele... porque quando o imaginava, era hilário. E o Noah, eu imaginava igual ao meu professor de história (fail), que tem 26 anos, um ano a menos de Noah, mas enfim. A Molly é aquela personagem que você quando bate os olhos, observa sua esperteza. A capa do livro é sensacional, e me fazia sentir que estava dentro dela, olhando para a estátua. Mesmo o livro sendo bom, agente leva um certo tempo para Lê-lo, pois é uma leitura pesada. Com muitos fatos históricos (dã) e infinitas notas do rodapé... Li em média no máximo uns 4 capítulos por dia. Mas depois da metade acabei rapidinho. No final do livro tem uma GRANDE (BIG, ENORME, GIGANTESCA) brecha para encaixar um segundo livro. mas perguntei a editora se procedia essa informação, e me responderam que não sabiam de nada, a não ser que o autor tivesse escrevendo uma continuação, mas nada foi passado a eles. 

Recomendadíssimo para pessoas que gostam de fatos históricos, e teorias de conspiração. É um livro histórico, que não deixa de ser uma ficção, com uma pitada de romance. Ou seja FANTÁSTICO.

Nota: 4/5

Espero que gostem dessa resenha meio grandinha. Desculpem. Saudade de escrever. hehe



8 comentários:

Bia Carvalho disse...

Também estou devendo a resenha desse livro, mas ainda não consegui ler.
Apesar de achar que parece ser muito bom.

Já estou seguindo seu blog. Quando puder, me faça uma visitinha!
www.amormisterioesangue.com

Bjs

Marcelo Lima disse...

Tenho uma vontade imensa de ler , quam sabe um dia eu leio ! Muito boa a resenha ")

Emoções em páginas disse...

Oi meninas!! tem selinho pra vocês lá no blog: http://emocoesempaginas.blogspot.com/2011/10/selinho-2.html

espero que gostem!
Beijos, Camila - Emoções em Páginas

Zilda Mara Peixoto disse...

Há muito tempo quero ler esse livro...mas não deu pra comprá-lo ainda,mas gostei muito da resenha..Bjs!
http://cacholaliteraria.blogspot.com/

Nathália de A. S. disse...

Nossa Nat!

Fiquei até com medo de ler o livro e me sentir meio burrinha! uahauhauha

Não curto muito "teoria da conspiração", mas se aparece um certo romance e/ou um poco de comédia no livro eu consigo relevar e gostar. (Tem romance né? Rs.)

Não achei sua resenha grande não Nat, ela tá na medida certa para o meu entendimento! Gostei!

Vou confessar que tinha um certo preconceito com esse livro... Porque tudo que me remeta a um pensamento muito longo relacionado ao EUA não me agrada... Mas gostei do que eu li... Vou procurar ler (Nunca é demais né? rsrs.)

Mas valeu pela dica Nat!

Beijoo!


@nathalia_asc

Caçadora de Livros disse...

Li esse livro bem rápido!
Uma ótima dica para quem quer saber de política, teorias, etc ^^
bjs

Equipe Eu + Livros disse...

Eu quero muito ler esse livro!
Ótima resenha!

Beijos da Rafa!

@ Moda e Eu. disse...

gostei.
Fiquei com vontade de ler.
Beijos, Blanc

Postar um comentário

 
Layout de Giovana Joris